BUNGE (VALE FERTILIZANTES) | cajati, sp | reator de ácido fosfórico

Anticorrosivos
Camada regularizadora: Ancolit CE-VE2-T ®
Borracha bromobutilica: CHEMOliNE 4B ®
Tijolos e peças especiais de carbono: CARBOLIT CF ®
Cimento anticorrosivo: ANCOLIT CA-FUC ®

Qualidade e prazo no novo reator de ácido fosfórico
Os produtos e sistemas básicos utilizados na proteção anticorrosiva do novo reator de acido fosfórico, um dos maiores do mundo, instalado na unidade de Cajati da Bunge Fertilizantes, foram introduzidos e desenvolvidos há mais de duas décadas no Brasil pelos técnicos euro-ingenieur Günther Reinprecht e a bacharel em química Circe Morello. Os tijolos de carbono desenvolvidos apresentaram excelentes características físicas e químicas e substituíram com sucesso os tijolos antes importados. Adicionalmente, a resina furânica, componente principal na composição dos cimentos anticorrosivos utilizados nas indústrias de fertilizantes, também passou a ser produzida localmente. Essas inovações proporcionaram a disponibilidade imediata desses produtos, além de oferecer significantes reduções de custos. Atualmente Günther Reinprecht e Circe Morello estão à frente do corpo técnico da TECNOLITA Industrial Ltda. – Divisão Anticorrosivos, que fabrica e comercializa esses produtos com as marcas CARBOLIT e ANCOLIT.

Como a temperatura de operação do novo reator poderá ultrapassar a marca dos 100º C, os materiais tradicionalmente utilizados, especificamente a camada regularizadora condutiva e o revestimento de borracha, não poderiam ser adotados neste projeto inovador de fabricação de ácido fosfórico. Os técnicos da TECNOLITA e da REMA TIPTOP da Alemanha, um dos maiores fabricantes do mundo de produtos de borracha, em conjunto com os técnicos responsáveis por este projeto da Bunge Fertilizantes, especificaram para a camada regularizadora condutiva o produto ANCOLIT CE-VE2-T, à base de resina éster-vinílica e com elevada resistência térmica, e para o revestimento de borracha o produto CHEMOLINE 4B (importado), à base de borracha bromo-butílica de sistema autovulcanizante. Em função do sistema construtivo do reator, totalmente em concreto especial, o sistema mais indicado para o emborrachamento era o autovulcanizante, pela impossibilidade de vulcanização posterior com a utilização de calor e pressão. A borracha bromo-butílica aplicada é de última geração, com resistência térmica comprovada para 120º C, vindo a substituir a até então largamente utilizada borracha cloro-butílica. Sobre o revestimento de borracha, devidamente testado contra eventual porosidade através de teste de faísca à tensão de 20.000 V, foi aplicada uma camada de tijolos de carbono CARBOLIT CF – duas camadas nas áreas de maior abrasão –, assentados com cimento anticorrosivo ANCOLIT CA-FUC (cimento à base de resina furânica com carga de carbono).

Para acompanhar melhor a configuração complexa do reator foram criadas peças especiais de carbono, tais como, tijolos em cunha, tijolos “L” e peças prémoldadas arredondadas para os inserts de diâmetros menores.

Durante a execução dos serviços anticorrosivos, a cada 60 minutos foram rigorosamente controladas as condições ambientais, tais como, umidade do ar, temperatura do ar e do substrato, ponto de orvalho, com o objetivo de evitar condensação de água na superfície a ser revestida, o que seria extremamente prejudicial para a performance do revestimento. Um sistema integrado de exaustão, ventilação e secagem de ar foi instalado para garantir a distância segura de temperatura da superfície da qual do ponto de orvalho. Para garantir a qualidade esperada do revestimento foram realizados testes no concreto, como umidade superficial (porcentagem de água) e resistência à compressão do substrato (kgf/cm2), bem como aderência (kgf/cm) e dureza (Shore A) da borracha.

A mão de obra para a execução dos serviços ficou a cargo da empresa SEM – Serviços Especiais de Manutenção Ltda., com a supervisão da REMA TIPTOP (emborrachamento) e da TECNOLITA (aplicação dos tijolos de carbono e supervisão geral), e a obra foi entregue rigorosamente dentro do prazo pré-estabelecido de 120 dias.

A TECNOLITA é a empresa que reúne atualmente a maior experiência do Brasil em revestimentos anticorrosivos pesados. Seu corpo técnico conta  com quase 30 anos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico, dedicados à adequação de produtos e sistemas de qualidade mundial. Além de produtos e sistemas anticorrosivos, a TECNOLITA fabrica e fornece refratários avançados para o mercado nacional, Mercosul e Estados Unidos, em especial peças pré-moldadas de médio e grande porte que estão sendo utilizadas nas grandes indústrias siderúrgicas.